Diferença entre Tamari e Molho de Soja Comum

Saiba as características de cada Molho de Soja: Tamari Vs Shoyu Tradicional

Molho de Soja Tradicional

O molho de soja tradicional é produzido ao cozinhar soja com trigo e outros grãos (numa proporção aproximada de 50/50), adicionando-o ao sal para fermentar, ele costuma ficar descansando um período razoável fermentando. Após a fermentação, essa mistura é pressionada para extrair o molho com uma coloração castanha escuro / avermelhado, costuma ser mais claro se for fermentação natural (ex. Shoyu Kikkoman ou Yamasa importados). Caso receba corante, fica com a coloração mais escura, normalmente os molhos de sojas nacionais (Sakura, Azuma (Tozan), Hinomoto, etc).

O molho de soja tradicional é mais fino, mais salgado, costuma ter Glúten e é um subproduto da soja, mas pode ter aditivos como milho, entre outros.

Tamari

O Tamari é um molho de soja diferenciado, ele é bastante recente no mercado brasileiro, mas é facilmente encontrado no Japão e nos Estados Unidos.

Não Contém Glúten

É um molho que não costuma possuir trigo na sua composição o que torna ele Gluten-Free, ou seja, sem adição de Glúten para alegria dos celíacos (aqueles que não podem consumir glúten). É uma ótima alternativa para quem não pode consumir o molho de soja comum por conter Glúten.

Ressaltamos apenas que é preciso tomar cuidado, pois nem todo molho Tamari é sem glúten, ele pode eventualmente conter um pouco de trigo dependendo da marca.

Neste sentido, sempre se atente ao que está escrito na embalagem do produto para evitar problemas.

Ingrediente da Culinária Japonesa

O Tamari é um molho genuinamente japonês, sendo que na sua origem era um subproduto do Missô (pasta de soja). Ele costuma ser um molho mais espesso, com sabor mais intenso, cor mais escura e menos salgado.

Processo Produtivo

O Tamari é o subproduto líquido que se forma ao produzir o missô (pasta de soja).  Quando a soja é cozida para fermentar, pouco ou nenhum trigo é adicionado à mistura, o que torna este molho uma ótima alternativa para aqueles que têm intolerância ao glúten.

Como utilizar o Tamari?

Você pode utilizar o Tamari como um substituto ao molho de soja, o famoso shoyu japonês em todas as suas receitas. Utilize em saladas, espetinhos, vegetais salteados, carnes, entre outras finalidades.

Da mesma forma que os molhos tradicionais da Kikkoman, a versão sem glúten (Tamari Kikkoman) sofre um processo de fermentação inteiramente natural e não é menos versátil e delicioso que o shoyu original.

Espero que tenha gostado desta dica e recomendo experimentar o Tamari agora mesmo.

Você encontra o Tamari SEM GLÚTEN importado dos Estados Unidos na nossa loja virtual, confira neste link: http://bit.ly/molho-tamari

Baixe nosso Livro Digital Gratuito:

Marcelo Asamura

Empreendedor Online, apaixonado pela cultura e culinária japonesa e asiática em geral. Fundador da Loja Virtual Konbini e parceiro do Blog Sushibilidade e Cursosushi.com

Website: http://www.konbini.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *