O Empreendedor do Molho de Pimenta Sriracha

Foi publicado ontem (21/04/2013) no site Tech Crunch, a história por trás do empreendedor mundialmente famoso  Molho de Pimenta Sriracha, muitos aqui no Brasil já conhecem o produto, mas é mais ainda difundido nos Estados Unidos.

Aqui no Brasil alguns chamam de Pimenta Siracha, Pimenta Shiracha, Pimenta Tailandesa ou Pimenta do Galo.

O importante é que uma vez que você experimenta essa pimenta, você não consegue parar de comer.

pimenta-sriracha

A História do Molho de Pimenta Sriracha

O artigo publicado por Mark Suster explica sobre a trajetória do fundador do molho de Sriracha, David Tran, saiu do Vietnã, quando os comunistas do Norte tomaram o poder.

Mudou-se para os EUA com nada além de trabalho duro e ambição. Tinha um forte senso de valores. E queria construir algo para as próximas gerações.

É claro que é por isso que os imigrantes possuem tantas empresas de sucesso nos EUA e por isso que precisamos apoiá-las.

Eles não têm nada a perder. Eles trazem novas idéias, novas culturas, novas práticas de negócios.

No entanto, a maioria deles quer ser – Americano.

Meu fascínio por molhos apimentados começou há alguns anos atrás.
Eu nunca aprendi a gostar de alimentos picantes durante a minha criação familiar
, mas depois de viver no Reino Unido há quase uma década e tendo muita comida indiana de qualidade ao meu redor o tempo todo, eu desenvolvi  um gosto maior por ela.

Eu me mudei de volta para os EUA e depois de uma temporada em Palo Alto/San Francisco me mudei para Los Angeles, onde eu comecei a notar o molho de Cholula em alguns dos melhores restaurantes mexicanos que visitei. Eu absolutamente amo essa pimenta, sou viciado.

Então, eu comecei a observar mais os molhos picantes e quanto mais eu observava, mais eu notava a existência desta garrafa do galo engraçado com um nome que soa estranho que eu não conseguia pronunciar e que tinha uma tampa verde familiar, o Sriracha.

pimenta-sriracha-01

Pimenta o quê? Siracha? Shiracha? Siraxa?

Da onde era? O que ela significava? Qual era a nacionalidade dela?

Ela parecia estar em todos os tipos de restaurantes étnicos.

O nome da empresa soou como chinês – Huy Fong Foods.

Acontece que ela é uma empresa familiar iniciada por um refugiado do Vietnã (de raízes vietnamitas e chineses) e com o nome de  uma pequena aldeia na Tailândia Sri Racha. David Tran era tão grato com relação as pessoas que lhe forneceram uma viagem segura do Vietnã que ele deu ao nome da sua empresa, o nome do navio de Taiwan que o trouxe aos EUA.

Tran mudou-se para Los Angeles e começou seu negócio em Chinatown com a necessidade que ele pessoalmente tinha .
Ele notou que os americanos não têm um bom molho de pimenta.

Então ele fez  lotes artesanais em um balde e levou para os clientes em sua van. Entretanto, seu objetivo não era faturar um bilhão de dólares. Ele não foi impulsionado pelo enriquecimento rápido. Ele foi impulsionado pelo desejo de proporcionar  aos clientes um excelente produto.
Quanto pode a nova geração de empresários aprender com isso?

“Meu sonho americano nunca foi se  tornar um bilionário”, disse Tran.
“Nós começamos esse negócio porque gostamos de molho de pimenta picante e fresco.”

E ele construiru um grande negócio. Enquanto ele ainda é dono do negócio agora, ele fatura $ 60 milhões em vendas anuais construídas do zero.

Ele poderia ter crescido mais rapidamente com o dinheiro externo?
Ou vendê-la para uma grande empresa e torná-la internacional?
Claro, mas não era sua ambição.

Você vai adorar esta citação:

“Esta empresa, ela é como um ente querido para mim, como uma família. Por que eu iria partilhar a minha amada com outra pessoa? “

Quantos de vocês conseguem dizer isso?

Ele não quer comprometer o produto, como ele sabia que ele seria forçado a fazer se tivesse que expandir muito rapidamente.
Ele queria manter os preços baixos (aparentemente ele nunca levantou a preço de atacado em 30 anos).

O que eu aprendi com o artigo?
O que me tocou?
Quais lições você pode aprender a partir de um refugiado do Vietnã que faz molho de pimenta?

1. Paixão extrema pelo produto.

Quando seu fornecedor de embalagens tentou fazê-lo mudar o seu produto para torná-lo menos picante ou mais doce para os clientes americanos, ele se recusou: “Molho apimentado tem que ser apimentado. Se você não gosta muito apimentado, use menos “, disse ele.
“Nós não fazemos maionese por aqui.”

2. Qualidade do produto imbatível (ele processa suas pimentas no mesmo dia em que são colhidas)

3. Ele teve um princípio orientador para a empresa

4. Foco no cliente e prover valor

“Nós produzimos o produto e tentamos manter o preço baixo.
Se o nosso produto ainda é bem recebido pelo cliente, então vamos continuar crescendo.
“Ele disse isso em resposta ao fato de que várias outras empresas já estão roubando a marca Sriracha.
Ele não pode registrar a marca, já que é o nome de uma cidade. Ele nunca gastou um dólar em publicidade

5. Oferecer algo diferenciado.

Pelo que você será conhecido?
Dada a diluição da marca  pela popularização do nome Sriracha, o que ele pode fazer para crescer o seu negócio?
O design exclusivo de sua embalagem. Esse galo doido. Todas esses malditos idiomas no frasco – é algo misterioso! E por último, as tampas verdes.

Mas eu tenho que dizer que, apesar de tudo, é impossível tirar o sucesso de David Tran, eu ficava imaginando se as práticas empresariais modernas não poderiam solidificar isso em um produto global. Branding é importante. O marketing boca-a-boca funcionou até este ponto, mas eu me pergunto como isso se tornará uma linha de produtos internacionais. Eu me pergunto se eles são agressivos com o marketing digital.
Eu me pergunto se eles conseguem criar uma marca mais ampla do que Sriracha, para que possam se defender dos concorrentes.

Espero que os David Tran’s da próxima geração consigam ter algumas reflexões sobre esses temas.
Eu gostaria de ver essa empresa continuar a ter sucesso.

Produto recomendado:

molho-pimenta-sriracha-hot-chili-sauce-huy-fong-foods-435ml

Fonte: My Favorite Entrepreneur Story In A Long Time

Baixe nosso Livro Digital Gratuito:

Marcelo Asamura

Empreendedor Online, apaixonado pela cultura e culinária japonesa e asiática em geral. Fundador da Loja Virtual Konbini e parceiro do Blog Sushibilidade e Cursosushi.com

Website: http://www.konbini.com.br

15 Comentários

  1. Jacqueline dos Santos Calheiro

    Adorei ler isso. Amei esta pimenta, mas comprei no EUA. Quero muito continuar comprando, mas não sei onde encontrar no RJ. A primeira vez eu vi na tv ,pois um chef de cozinha utilizou esta pimenta, e desde então foi amor à primeira vista!!! Sei que tem em SP, mas aqui…. 🙁

  2. Leo Palasc

    Boa Tarde, trabalho como Molho de Pimenta de todo Brasil, gostaria de saber detalhes sobre seus produtos para compra e revenda.

    Fico no aguardo.

  3. Adalberto ferreira

    Boa Tarde, meu nome é Beto trabalho com a representação de algumas empresas do estado de SP,MG e GO tenho uma carteira com mais de 500 clientes em ribeirão Preto e região a 5 anos, gostaria de saber detalhes sobre a área comercial da empresa como seus produtos para compra e revenda, aguardo contato por gentiliza.

  4. WESLEI

    Trabalho com comercialização pimenta do reino em todo nordeste. Gostaria de ver a possibilidade da comercialização desta pimenta na região. A mais de 02 anos consumo essa pimenta e sempre compro quando vou a São Paulo ou via site.

    • Weslei, tudo bom?
      Respondido por e-mail, vamos estudar a melhor forma de permitir a venda de Pimenta Sriracha na sua região.
      Abs,
      Marcelo

  5. Ninna

    Vcs vendem esta pimenta aqui na Suiça? Se vendem me passem o endereço, moro em Lausanne

    • Marcelo Asamura Azevedo

      Ninna, tudo bom? Infelizmente, não atendemos na Suíça, nossa loja é no Brasil. Para enviar para a Suíça, teríamos que fazer uma exportação. Atte. Marcelo

  6. Maristela Batista

    Boa tarde.
    Trabalho para uma cadeia de restaurante e estamos interessados na compra da pimenta sriracha. Voce produz no Brasil ou importa? Teria como voce enviar uma amostra? qual a quantidade minima de compra e qual o valor?

    • Marcelo Asamura Azevedo

      Maristela, tudo bom? E-mail enviado a respeito da pimenta sriracha. Atte. Marcelo

  7. Thais

    Boa tarde!

    Vocês fornecem pra alguma loja física em Brasília?

    • Marcelo Asamura Azevedo

      Sim, fornecemos, estamos entrando em contato por e-mail. Atte. Marcelo

  8. FILIPE A FERREIRA

    COMO FAÇO PARA COMPRAR PESSOA JURIDICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *