Wagashi: Doces Tradicionais do Japão

Wagashi, também conhecidos como arte comestível, são os doces artísticos e tradicionais da confeitaria japonesa que surgiram de uma mistura da culinária portuguesa e chinesa.

Com sabor natural e não tão adocicado, impressionam pela beleza das cores e dos detalhes feitos à mão.

Uma curiosidade
Doce em japonês é ame (飴), doces é okashi (お菓子), mas Wagashi (和菓子) significa confeitaria tradicional japonesa de acordo com o dicionário Jisho.

História do Wagashi

Os doces foram introduzidos no Japão no período Yayoi, o nome “Wagashi” surgiu durante o período Meiji e a popularidade aconteceu no período Edo.

Mesmo que esses doces tradicionais tenham sofrido influências de outros países, eles passaram a representar a essência e o refinamento da cultura e gastronomia japonesa.

Os formatos e desenhos criados para enfeitá-los geralmente retratam as estações do ano com aspectos da natureza como flores, folhas, animais, montanhas, entre outros.

Devido a sua beleza e delicadeza peculiar, os doces ganharam destaque no mundo inteiro.

Antigamente o Wagashi era servido apenas em banquetes da aristocracia e da corte imperial acompanhado de Chá Matcha.

Wagashi nos dias atuais

Atualmente, ele está presente em festas de Ano Novo, casamentos, funerais, cerimônias do chá e festivais como o Hinamatsuri, Tango no Sekku e Otsukimi, além de também ser usado como oferenda às divindades nos templos do país.

Para que os doces pudessem ser consumidos diariamente, foi criada uma versão mais simples, coloridos, mas com poucos detalhes.

Essa versão menos elaborada é consumida geralmente na pausa que os japoneses fazem após o almoço (Oyatsu), entre 14h e 15h.

Nos tempos remotos os doces eram feitos com frutas e nozes, atualmente a receita foi modernizada e os ingredientes mais comuns usados no seu preparo são dango, mochi, azuki, frutas e ingredientes naturais.

Antes do açúcar ser comercializado no Japão, usava-se para adocicar os doces o Wasambonto, um dos açúcares mais antigos produzido no Japão, com textura em pó suave, sabor suave e fragrância refinada.

Com o passar dos anos, os doces que antes eram elaborados somente à mão passaram a ser também industrializados, exportados e comercializados em supermercados, restaurantes e mercearias.

Alguns dos principais tipos de Wagashi são:

  • O Namagashi (decorados com elementos da natureza do Japão)
  • Monaka (bolachas de arroz recheadas com pasta de feijão)
  • Manju (massa de arroz ou inhame cozida no vapor recheada de azuki)
  • Higashi (feitos de farinha de arroz glutinoso, amido e açúcar ou Wasambonto).

Aproveite e conheça o chef Cesar Yukio que é referência quando o assunto é doces japoneses:

Aprenda a confeitaria tradicional japonesa com Cesar Yukio clicando aqui!

Créditos: Imagem da capa japanibackpacker

Baixe nosso Livro Digital Gratuito:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *